IBAMA sacrificará mais de 200 aves em Manaus

Estes animais serão sacrificados. Quando é o IBAMA que mata, não é crime?
Esta semana, a Polícia Federal apreendeu 270 aves silvestres da fauna venezuelana, trazidas ilegalmente em seis caixas minúsculas de papelão que não ofereciam espaço para circulação de oxigênio e que estavam escondidas em duas malas de viagem. A polícia chegou ao traficante, um brasileiro de 39 anos graças a uma denúncia anônima, encontrando os animais em alto estado de stress: um deles morreu e o restante precisou ser levado para uma câmara escura e refrigerada, para diminuir o calor e evitar mais mortes. O animal que trouxe as aves nessas condições pagou fiança e responderá em liberdade ao crime de transporte ilegal de espécies da fauna silvestre, seguido de maus tratos, previsto na Lei 9.605/98. Já as aves, levadas ao Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama), em Manaus, SERÃO SACRIFICADAS, segundo informou o delegado do meio ambiente, Carlos André Gastão, e confirmou o superintendente do Ibama, Mário Lúcio Reis, a veículos de mídia impressa.  Veja aqui matéria do Jornal Hoje, da TV Globo.


Segundo as "autoridades", os canários exóticos, pintassilgos e rouxinóis não são da fauna brasileira e, portanto,”seria complicado fazer a reintrodução no Brasil ou encaminhá-los de volta à Venezuela”, disse o delegado. Gostaria de perguntar ao delegado o que ele tem a nos dizer a respeito dos pardais. E das pombas. E bodes, galinhas, bois e porcos. Todos espécies exóticas à biodiversidade da América Latina. Queria também que o Ibama me explicasse se o bioma Amazônia faz distinção de fronteiras: no quê a Amazônia venezuelana é diferente da brasileira para as condições de sobrevivência dessas aves?

Queria também entender: quando é o Ibama que mata, aí não é crime ambiental?

A questão é que falta vontade de respeitar a vida. É mais fácil matar. Difícil é engolir essa pseudo-explicação para o sacrifício desses inocentes animais.

Reproduzo a seguir a carta de Marcelo Pavlenco, da SOS Fauna, talvez a mais respeitada ONG dedicada à questão do tráfico de animais silvestres no Brasil. E caso você, como eu, tenha se sensibilizado com essa história, encha a caixa de emails do Ibama protestando: somente sabendo que estamos de olho nos descalabros que eles fazem é que pode haver alguma esperança de uma conduta mais digna com o respeito à vida professado por tantas religiões e tantas constituições.


Coordenação-Geral de Autorização de Uso e Gestão de Fauna e Recursos Pesqueiros - Cgfap - Clemeson José Pinheiro da Silva - Coordenador-Geral de Autorização de Uso e Gestão de Fauna e Recursos Pesqueiros
Tel: (61) 3307-1968, 3316-1172
Fax: (61) 3316-1238
e-mail:  ivan.teixeira@ibama.gov.br

Caros Senhores,
Em relação à notícia abaixo, onde o título aponta para o sacrifício das aves silvestres exóticas apreendidas, queria fazer as seguintes exposições que, peço, sejam amplamente divulgadas, ventiladas por toda a sociedade brasileira.
A. Desde 1.989 me dedico aos problemas relacionados ao tráfico de animais silvestres no Brasil, sendo que ao longo destes anos fui adquirindo seguidores, pessoas realmente diferenciadas e que tem a sensata linha de pensamento que se deve ter em relação à problemática. Minha dedicação em relação ao estudo e ações em prol da defesa e conservação de nossa fauna silvestre, ocorre em média, DEZESSEIS HORAS POR DIA, portando o dobro de um normal horário de trabalho, com base nisso posso dobrar ou meus VINTE E DOIS ANOS de dedicação para QUARENTA E QUATRO ANOS se eu fosse um funcionário remunerado para trabalhar nesta área. Como também há uma dedicação de pelo menos mais OITO HORAS DIA aos sábados, domingos, e feriados, certamente estes QUARENTA E QUATRO ANOS ainda aumentaria mais um pouco, mas deixemos esta questão dos fins de semana de lado e lembremos estamos expondo algumas coisas com base em experiência de vida;B. Até 1.998, mais precisamente fevereiro de 1.998, tínhamos uma lei de proteção à fauna que poderia levar preso em FLAGRANTE DELITO quem praticasse crimes contra animais silvestres, lamentavelmente faziam e ainda fazem uma comparação ridícula em relação a isso, comentando que: “... uma pessoa que mata ou matava um pássaro iria presa, mas quando se mata um ser humano isso não acontece...”, se esquecendo que crimes contra vida selvagem são crimes contra a humanidade, é uma simples questão de inteligência. Lembrando que não podemos, em se tratando de conservação, ficar comparando crimes contra a fauna silvestre em relação a crimes contra fauna doméstica;C. Depois da chegada da NOVA LEI DOS CRIMES AMBIENTAIS, em fevereiro de 1.998, os crimes contra a fauna silvestre passaram a ser considerando CRIMES DE MENOR POTENCIAL OFENSIVO, recebendo, quem praticasse este crime, os benefícios da Lei 9.099, dos Juizados Especiais Criminais, portanto, qualquer pessoa envolvida em crimes contra a fauna silvestre não mais poderia ser presa em flagrante delito, lembramos da apreensão cuja SOS Fauna foi quem deu o START, em 2003, em que duas pessoas detidas com uma carreta transportando mais de QUATRO MIL ANIMAIS SILVESTRES não ficaram presas, saindo da delegacia sorridentes e bem antes de nós que estávamos trabalhando no cuidado aos animais, dentre outras atividades exigidas naquele momento. Tudo isso, ou seja, a chegada da nova lei, criou entre pessoas envolvidas no tráfico de animais silvestres, a certeza que tudo poderia fazer e nunca seriam presas, pasmem, protegidas pela lei, salvo raros casos em que outros crimes sejam agregados à este. Isso fomentou de forma violenta o aumento da prática criminosa em todo o território nacional;D. Em relação à apreensão em questão quero lembrar de alguns pontos precisam e devem ser avaliados, como crítica construtiva:1º. Mesmo que se soubesse o local exata de captura destas aves, em território venezuelano, a vontade em devolve-los exatamente do local de onde vieram, é praticamente inexistente por parte do Poder Público, pois isso dá trabalho e custa caro, portanto, matar é mais rápido e mais barato.2º. Em grande parte das apreensões a própria policia, por absoluta falta de interesse e/ou também de experiência, deixa escapar uma série de fatores que poderiam levar às origens geográficas dos animais apreendidos, há formas de fazer isso, mas infelizmente não o fazem.3º. Sentar com a embaixada ou consulado da Venezuela para buscar uma solução em relação a isso, não é um favor que o governo brasileiro possa estar fazendo à sociedade, mas sim uma obrigação. Desculpas antecipadas se tal ato já ocorreu e não houve resultados.4º. Se as penas para este tipo de crime, tráfico internacional de animais silvestres também fossem duras, severas, certamente estes casos seriam isolados. Em Mato Grosso do Sul isso está virando rotina, e o mais interessante, também pela falta de vontade de trabalhar, solturas criminosas são realizadas, de aves peruanas sendo soltas em território brasileiro;5º. Se sacrificar é mais econômico, se pode haver risco o regresso destas aves à natureza, mesmo em local exato, também poderíamos imaginar que se criminosos voltarem ao seio da sociedade também podem haver riscos, por isso vamos cometer o sacrifício dos mesmos?6º. Se custa caro reintegrar uma pessoa presa à sociedade e ainda há risco nisso, vamos cometer o sacrifício desta por causa disso?
Animais silvestres são vitais à ecossistemas, seres humanos necessitam de ecossistemas em equilíbrio para continuar sua vida sobre a Terra, animais silvestres não necessitam de seres humanos para continuidade de suas espécies, a Terra necessita de vida selvagem para sua conservação, a Terra não necessita de seres humanos para sua conservação. Tão fácil de entender....
Com pesar,
Marcelo Pavlenco Rocha & EquipeSOS Fauna – www.sosfauna.org

40 comentários:

  1. não sou especialista, mas já tendo trabalhado com ornitologia entendo q seja msm complicado simplesmente soltar essas aves do lado de cá da amazônia.. aliás, é mta inocência pensar q ela é um bioma homogênio ou q essas aves não ocupam sub-nichos mt específicos. enfim, a questão não deve ser levada apaixonadamente sem estudar bem o caso... seria mt leviano.


    mas enfim, concordo com a indignação. qual o problema de enviar as aves de volta? aposto q têm ongs lá q dariam conta do recado. gastar dinheiro acalmando as aves pode, gastar dinheiro pra devolver não? zoológicos não servem tb? venda controlada para criadouros autorizados? e qd forem sacrificados, vão pro lixo?

    sad.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que tal o "traficante" pagar fiança e os custos do retorno dos animais, não é mesmo?? Ele que fez a caca que então arque com as consequências. Os animais não podem sofrer e pagar por isso.


      .

      Excluir
    2. Já que a vigilante Ibama fiscaliza e diz que vai sacrificar animais que não são da fauna daqui,porque não fazem o mesmo com os estrangeiros?Vão fazer churrasquinho de pássaros com um certo prefeito do Embu há algum tempo atrás?Os que O Ibama mata não é crime ambiental? Dois pesos e duas medidas?Pobre Brasil,vai de mal a pior mesmo.

      Excluir
  2. mais eles n podem doar as avez??

    ResponderExcluir
  3. Eles alegam que não há criadores (!!) em Manaus para cuidar deles e que o governo da Venezuela recusa-se (!!) a aceitar as aves. Nada que o Itamaraty não conseguisse resolver. E uma excelente oportunidade para a Gol fazer uma boa ação e tentar recuperar a imagem depois dos casos de cães e gatos de seus passageiros perdidos em seus voos. Ou seja, solução sempre existe: basta pensar. Mas é preciso vontade para fazer...

    ResponderExcluir
  4. Para tudo há solução.
    Há pouco tempo o IBAMA queria sacrificar 140 galos e um juiz não permitiu.

    Com certeza, solução não falta. Num país onde se considera asilado político um assassino condenado, pq não podem manter por aqui essas aves?
    Não existe ONG de proteção animal na Venezuela? E pq o Ibama, q legaliza venda de animais exóticos não pode deixar q esses sejam vendidos tb?

    ô Cambada! Não vai aparecer ninguém prá resolver essa situação? Em geral só quem realmente ajuda os animais são as pessoas, os órgãos vão muito bem, obrigado!

    ResponderExcluir
  5. ola meu no e augusto queria ajuda me comprometendo a cuida de umas 10 aves dessa ai eu posso fazer meu cadastro no ibama para cuida de alguma delas sou do mato grosso em cuiaba meu msn e augusto.lilica@hotmail.com espero resposta de vcs do ibama.

    ResponderExcluir
  6. Olha!! Só em pensar em sacriício dói na alma. Eu moro no Paraná na cidade de Piraquara, e aqui esses pássaros são comuns, eu mesmo tenho no meu jardim uma casinha onde coloco comida para os sabiás, pomba rola, pardal, corruiras e sempre tem canários da terra, eles veem de toda parte para comer, são soltos, livre. Já fizeram ninho no forro da minha casa. Esses pássaros por ser silvestres se soltarem na natureza eles vão saber se virar, poderiam traze-los para o Paraná e solta-los. O gasto seria menor que manda-los para fora do país. E a conciência não doeria, porque a responsabilidade é grande e uma decisão errada, a culpa fica para sempre e pior, será lembrada sempre.

    ResponderExcluir
  7. Porque eles não procuram uma ong ou uma associação de criadores de pássaros e doam, pelo menos não sacrifica, se assim é melhor então porque não matam também esses traficantes de animais porque até onde eu sei o ser humano não tem natureza doentia de aprisionar os animais e nem tampouco matar, á não ser por sobrevivência, e até onde sei esse passarinhos não servem para alimentar ninguém.

    ResponderExcluir
  8. amigo exiate sim mais de cem fies depositarios em manaus eles que nao querem ter trabalho de doar de 30 aves para cada um, quando eles pegam um curio,eles ligam sorteando um criador entrega ave,e outra esses passaros ja sao nativos na regiao do taruma ja varias especirs dese canario venezuelano

    ResponderExcluir
  9. Porque não fazem o mesmo com os BANDIDOS do brasil???
    Sim, porque eles também não sabem viver em sociedade!
    E porque não matam os POLÍTICOS do Brasil???
    Sim, eles trazem muito mais problemas do que esses passarinhos!!!
    É muita conversa fiada e pouca vontade de resolver os problemas! Manda os bichinhos aqui para São Paulo que, com certeza tem muuuuitos Criadores que cuidariam deles DE GRAÇA!
    ACORDA BRASIL!

    ResponderExcluir
  10. Já vi que ai no Brasil assim como em Portugal estas identidades que deveriam ser protectoras da vida animal não passam afinal de mais uma policia para cobrança de multas casos como esse também acontecem em Portugal como foi o caso de um casal de idade que salvou uma aguia que apareceu ferida ao pé da sua casa e a policia da conservação da natureza apareceu e depois de dois anos de deixarem a ave ao cuidado da filha desse velhote como fiel depositária sem quererem saber se ave estava viva ou demonstrassem qualquer interesse pelo bem estar dessa ave aplicaram uma multa aos velhotes de 20 Mil euros eu nem sei quanto é que isso daria em reais. Enfim....................

    ResponderExcluir
  11. EU SOU CRIADOR DO IBAMA FICO COM TODAS E MANDO BUSCAR BLUESLEGENDBR@GMAIL.COM

    ResponderExcluir
  12. Um absurdo!!!
    que tipo de instituto é esse, que diz que faz o melhor pros animais, quando por trás de tudo matam milhares de animais? não é a primeira vez. só dão desculpa quando vaza alguma coisa e o povo fica sabendo. quantos animais já foram e SERÃO mortos pelo ibama? quantas pessoas ainda vão sair impunes de qualquer mal ao animal? direitos humanos, e cade o direito dos animais? jamais matariam pessoas assim, como se fossem o "nada". QUAL É A DIFERENÇA? eles sentem. eles sentem dor, eles sofrem. o IBAMA já inventou histórias demais, já matou muitos animais. antes de nós, eles estavam aqui, eles vivem aqui, nós quem roubamos o espaço deles, a vida deles. já não basta o sofrimento deles nessas gaiolas minusculas, que se não menores, provavelmente ainda estão aí, foram capturados, presos e agora mortos???? não há explicação pra isso. NÃO HÁ.

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Pois é meus caros! Já fui VITIMA do Ibama/Manaus há alguns anos, como pesquisadora, transportando um espécime de uma UC para o CPB, com guia de transporte, licença e tudo mais, fui DETIDA, ACUSADA DE FALSIDADE IDEOLOGICA, me estressei, fui HUMILHADA e, mesmo abrindo um processo administrativo, FOI ARQUIVADO POR FALTA DE PROVAS!!!! É uma coisa de louco mesmo!!!! Nada nem ninguém tem menos direito à vida por ser estrangeiro!!! ABSURDO EXTREMO!!!! Doa a fiel depositário! Não é possivel que não haja nehum zoo ou mesmo pessoa física interessado em adotar essas aves!!!

    ResponderExcluir
  15. não seja por isso paga a minha taxa como qualquer criador paga mande para nos que reabilitaremos novamente a natureza compre um sitio e estou fazendo uma reserva de mato especialmente pra isso pois antes no local tinha muitas aves silvestres por causa de caçadores quase não se tem mais mande pra mim que cuidarei com muito carinho

    ResponderExcluir
  16. Um absurdo como um órgão oficial pode ser autorizado a cometer tal crime

    ResponderExcluir
  17. Existem milhares de criadores que poderiam retira.las sem custo ao ibama e se tornarem depositarios fieis.só que matar e descartar é mais rapido e facil.

    ResponderExcluir
  18. Existem milhares de criadores que poderiam retira.las sem custo ao ibama e se tornarem depositarios fieis.só que matar e descartar é mais rapido e facil.

    ResponderExcluir
  19. Desculpe, mas o autor do texto está MUITO equivocado e deixa sua "paixão pelos animais" falar mais alto que a razão. E daí que pombas, pardais, bois e porcos são exóticos?? Vc quer agora introduzir espécies exóticas na fauna simplesmente pra não matar esses bichos? Sabe o prejuizo ecológico que uma única espécie exótica pode causar?? SEM NOÇÃO!!

    Segundo, vc foi de um extremo amadorismo ao questionar que a Amazônia brasileira é similar à Venezuelana. Qualquer pessoa minimamente interessada em ecologia sabe que dentro da Amazônia existem centenas de ambientes diferentes, é muito simplista comparar dessa forma.

    É melhor sim abater essas aves do que simplesmente soltá-las sem que um ornitólogo faça um estudo e afirme que não haverá impactos, que são espécies que tbm ocorrem na região de Manaus e etc. Sugiro que antes de postar opiniões na internet, dê uma estudadinha básica de biologia e ecologia ok? Mais fácil do que matar seria soltar essas aves, e ainda bem que o IBAMA não faz mais isso sem a certeza de que as aves pertencem àquele ambiente e que não carregam doenças contagiosas.

    ResponderExcluir
  20. Que absurdoooo!!! Agora pensem... se fosse tráfico Humano!!!! Sacrificariam todos também? Somos todos animais...temos o direito a vida!!!

    ResponderExcluir
  21. Querido Otavio Salles... Em tráfico Humano também chegariam com inúmeras doenças... E aí? Seriam todos mortos? Os direitos humanos não deixariam ,não é? Onde estão os direitos dos animais?

    ResponderExcluir
  22. Acredito que os recursos publicos que são utilizados muitas vezes de forma duvidosa em nosso pais, poderiam muito bem ser destinados e a reencaminhar estas aves a seu habitat natural.... Simplesmente sacrifica-los e no mínimo simplista.....! Um ser humano comete um crime e o Ibama resolve assinar em baixo, levando a morte os animais que deveriam ser salvos. Sei que o ibama deve ter seus pressupostos legais para estar tomando esta decisão, Não sou especialista em vida animal, mas pessoalmente não acredito em nenhum pressuposto que leve a morte do que quer que seja. Mas tambem ficar emitindo minha opinião aqui na internet não salvará os animais, tenho que fazer mais..... ! vou escrever ao Ibama sim...!

    ResponderExcluir
  23. ACHO QUE PODERIA SIM DEIXAR AS AVES EM QUARENTENA, FAZER AS DEVIDAS VACINAS, E DEPOIS DOA-LÁS A CRIADORES RESPONSÁVEIS!!!! ISSO PRA MIM É DESCULPA PARA DESCARTAR OS ANIMAIS!!

    ResponderExcluir
  24. Deveriam ser presos no Uruguai . Lá agora da cadeia , sem perdão.

    ResponderExcluir
  25. me responsabilizo em cuidar de umas aves dessas ai sou criador legalizado no ibama!

    ResponderExcluir
  26. levem de volta e que esses bandidos paguem os custos, esses seres inocentes não tem culpa da imbecilidade humana

    ResponderExcluir
  27. Traficante desgraçado, sai com fiança,kkkkk é a meerda de politica sucateada desta vergonha chamado Brasil, esse crime de maus trato a estas aves inocentes, deveria ser tortura kkkkk

    ResponderExcluir
  28. Que absurdo grande meu Deeeeeeeus��

    ResponderExcluir
  29. Sacricar nunca é solução pra nada ,é a maneira mais fácil pra quem não quer passar por dificuldades, ou seja esses metidos a conservadores não querem trabalhar em prol da vida

    ResponderExcluir
  30. Muito se fala pouco se entende canários são migratórios soltem 98 por cento sobreviverão não são adaptadas ao cativeiro.

    ResponderExcluir
  31. O IBAMA acha que a obrigação deles é cuidar só da fauna do Brasil. A fauna dos outros paises, eles querem mais é exterminar, para terem menos trabalho. Seria melhor deixar na mão dos traficantes, pois pelo menos teriam chance de sobreviver, Vale lembrar que a nossa Ararinha Azul, estrela do desenho "Rio", só não está extinta graças aos esforços do Sheik do Quatar, que tem mais 80 exemplares e está doando para criadores brasileiros reproduzirem, pois aqui está extinta na natureza. A natureza é uma só, não tem fronteiras. Soltem esses passaros ou doem a criadores. Matar animais é crime contra natureza.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mais correto a se fazer seria o retorno dessas especies ao seu lugar de origem a qualquer custo

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...